WeCreativez WhatsApp Support
Solicite sua música e logo ela tocará na nossa rádio!
Olá, peça sua música aqui!
DestaqueManhã do Ouvinte

SAÚDE EM FOCO

Doenças provocadas pelo álcool na mulher

Fígado

Para todos os níveis de consumo alcoólico, as mulheres correm mais risco de desenvolver doenças hepáticas do que os homens; Para os mesmos níveis de ingestão, o risco de cirrose nas mulheres é três vezes maior;

Cardiovasculares

Mulheres que ingerem um drinque por dia apresentam menor probabilidade de morte por doença cardiovascular. Esse benefício também é válido para as mulheres diabéticas. No entanto, a análise dos dados de dezenas de milhares de mulheres acompanhadas no “Nurses’ Health Study” revelou que tomar dois ou três drinques diários aumenta o risco de surgir hipertensão arterial em 40% e a probabilidade de acontecer derrame cerebral hemorrágico. Nas mulheres que bebem mais do que três drinques por dia o risco de hipertensão arterial duplica. Mulheres que abusam de álcool desenvolvem também miocardiopatias mesmo usando doses mais baixas do que os homens.

Câncer de mama

A meta-análise de seis estudos importantes mostrou que mulheres habituadas a ingerir de 2,5 a 5 drinques por dia, apresentam probabilidade 40% maior de desenvolver câncer de mama. Esse risco aumenta 9% para cada 10 gramas de álcool (cerca de 1 drinque) diárias.

Osteoporose

O consumo de álcool também se relaciona com a osteoporose. O efeito inibidor da remodelação óssea do álcool é fenômeno bem conhecido em ambos os sexos. Mulheres com menos de 60 anos que tomam de dois a seis drinques por dia têm risco maior de fratura de colo de fêmur e de antebraço.

Comentários

Artigos Relacionados

Veja Também

Fechar
Fechar